Assembleia-Geral aprova Relatório e Contas

A Assembleia-Geral do Sport Club Angrense aprovou, hoje, por unanimidade, o Relatório e Contas referente à época de 2020/2021.


O Presidente da Direção, Bruno Mão de Ferro, disse no decorrer dos trabalhos que “este primeiro ano de mandato ficou marcado pela circunstância de todos nós termos sido confrontados com a realidade nova e inesperada da pandemia da covid-19 que condicionou as nossas vidas e no caso do nosso clube trouxe dificuldades acrescidas que procuramos colmatar da melhor forma”. Segundo o Presidente da Direção, “a entrada em funções da atual Direção esteve prevista para março de 2020, mas só em junho do mesmo ano foi possível efetuar a Assembleia-Geral para eleição dos corpos gerentes. Apesar desse contratempo, houve uma fase de transição em que foi possível efetuar uma gestão conjunta com os anteriores e atuais dirigentes do clube, o que permitiu que fossem tomadas as decisões que se impunham num cenário de indefinição e apreensão causa do pela covid-19”.


Mesmo com dificuldades acrescidas, realçou que “foi realizado, durante esse período, um vasto conjunto de atividades, nomeadamente, Futebol Sénior e de formação, Modalidades, Torneio Angra do Heroísmo Cup, Angrense Solidário, Angrense Corporate, Remuneração de Sócios e Departamento de Sócios".


Bruno Mão de Ferro adiantou que “quanto à situação financeira como é possível verificar nos resultados apresentados na Conta de Gerência do primeiro ano do presente mandato, é equilibrada, estando alicerçada num permanente rigor na gestão dos recursos eencargos, o que permitiu apurar um resultado líquido positivo do exercício”.


Por seu turno, o Presidente da Mesa da Assembleia-Geral, Avelino Luís Gonçalves, referiu que “apesar das dificuldades da covid-19 é com satisfação que se verifica que foi possível concretizar um conjunto de ações”, conforme o que se pode verificar no Relatório de Atividades e Contas.O Presidente do Conselho Fiscal, Miguel Sousa, destacou o rigor da gestão financeira do Clube durante a época de 2020/2021 que resultou num saldo positivo “que deve transitar para o exercício seguinte”.


Por proposta da Mesa da Assembleia-geral e do Conselho Fiscal, foram aprovados votos de louvor pelos resultados alcançados pela atual Direção do SCAngrense no primeiro ano do seu mandato.


Angra do Heroísmo, 28 de junho de 2021